bg-empresa

Instalação elétrica em residências: 5 erros para evitar!

instalacao-eletrica-em-residencias-x-erros-para-evitar

Quando tratamos de instalação elétrica em residências, não é raro encontrar projetos cheios de problemas. Por razões que vão desde a falta de planejamento à contratação de maus profissionais, questões importantes a serem observadas em uma instalação elétrica são frequentemente deixadas de lado.

No entanto, isso representa um grave perigo: além da segurança ser negligenciada, um projeto elétrico com erros pode comprometer o funcionamento correto da casa, gerando riscos de acidentes.

No post de hoje, entenda a importância de cuidar da instalação elétrica em residência e confira o que deve ser evitado em um projeto:

Por que cuidar da instalação elétrica em residências?

Para que uma instalação elétrica em residência seja considerada segura e de qualidade, é preciso se certificar que qualquer erro, por menor que pareça, seja imediatamente corrigido. Afinal, isso pode ocasionar problemas muito sérios para os moradores e para a vizinhança do local.

Esses problemas incluem sobrecargas dos dispositivos elétricos que, se mal instalados, pode acarretar curtos-circuitos e acidentes de grandes proporções.

Confira agora os 5 principais erros que podem ocorrer em uma instalação elétrica:

1. Falta de projeto elétrico

Para que um projeto elétrico seja bem executado, é preciso, é claro, que ele seja bem elaborado e colocado em prática por profissionais capacitados. Afinal, somente uma equipe qualificada poderá garantir que as instalações sejam desenvolvidas de forma competente e eficiente.

Um projeto para a instalação elétrica em residências abrange um levantamento prévio de cargas e plantas de edificação para saber a melhor localização para tomadas e interruptores, dimensionamento de cabos, divisão dos circuitos, materiais a serem utilizados, entre outros fatores.

A falta de um projeto elétrico pode acarretar os seguintes problemas:

  • Desligamentos e acidentes como curtos-circuitos, incêndios e explosões, colocando em perigo a vida das pessoas e a integridade de seu patrimônio.
  • Possibilidade de ter negada, por parte das seguradoras, as indenizações decorrentes desses acidentes — afinal, eles ocorrem devido a instalações inadequadas, o que foge às normas do seguro.

2. Falta de aterramento

De acordo com os órgãos de segurança que regem as normas elétricas, o aterramento é um item obrigatório em qualquer instalação elétrica. Quando feito corretamente, é ele o responsável por garantir que as descargas elétricas sejam conduzidas pela instalação, protegendo contra choques.

O aterramento também evita que os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos queimem por sobrecarga. O fio terra deve ser instalado onde houver circuitos elétricos, inclusive nos de iluminação.

3. Não contratar bons profissionais para fazer instalação elétrica em residências

Um dos maiores erros que você pode cometer na hora de realizar a instalação elétrica em residências é a contratação de pessoal não-qualificado para fazer o serviço.

Muitos dispensam a presença de um Engenheiro Eletricista para a elaboração do projeto, mas acredite: esse profissional é uma peça-chave na criação de normas para evitarincêndios, choques, gastos exorbitantes com material e prevenção de consumo excessivo de energia por falhas de instalações elétricas.

Da mesma forma, a falta de um eletricista capacitado para executar o serviço terminará em um trabalho mal feito.

4. Usar condutores elétricos inadequados

Quando há o uso de condutores elétricos inadequados, ou dimensionamento incorreto de fios e disjuntores, pode ocorrer um superaquecimento das instalações, gerando um curto-circuito.

Geralmente, isso acontece quando um disjuntor é colocado acima da capacidade dos condutores, fazendo com que não haja uma correta proteção dos cabos. Esse é um problema bastante sério, pois uma sobrecarga desses componentes pode acarretar danos mais graves, como incêndios e outros tipos de acidentes.

5. Uso de material incorreto na instalação elétrica em residências

Na hora de comprar o material necessário para esse trabalho, entretanto, muitos acabam optando por itens baratos para economizar na obra. No entanto, o que acontece é que eles acabam escolhendo itens errados, ou ainda que não estejam certificados de acordo com as normas técnicas — fator que, é claro, afeta a segurança e o desempenho do projeto.

Tenha em mente que, mais importante do que consertar problemas é preveni-los. Por isso, faça o planejamento correto de uma instalação elétrica em residências, compre materiais de qualidade e contrate bons profissionais para realizar o serviço.

Agora que você sabe os principais erros que devem ser evitados em uma instalação elétrica em residências, que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Confira aqui os 4 cuidados fundamentais na hora de instalar uma tomada elétrica!

FIQUE POR DENTRO DE NOSSAS PROMOÇÕES